Todo ponto de vista é apenas a vista de um determinado ponto.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

O MURO


Deu hoje, no jornal nacional:

A quadrilha que assaltou um condomínio na Zona Norte de São Paulo na madrugada de domingo (11) estava em busca de joias e dinheiro em uma das casas. Essa é principal hipótese da polícia. Câmeras de segurança registraram a ação dos bandidos em um condomínio de construções imponentes e cercado pela Serra Cantareira. Os assaltantes invadiram 11 casas e fizeram reféns. As câmeras da portaria gravaram a chegada da quadrilha em dois carros. Os ladrões dominam os seguranças e entram no condomínio. A quadrilha passa, então, a controlar todas as cancelas. Quando um carro da empresa particular de vigilância aparece, é cercado, e o vigilante se rende. Os ladrões tomam os carros da empresa para percorrer o condomínio. A polícia calcula que eram 30 homens em dez carros. Um deles aparece com uma metralhadora, e quem chega é rendido, até mesmo os convidados de uma festa de casamento. Uma mulher tenta escapar, é perseguida e levada para junto de outros reféns, em uma casa usada pelos vigilantes da empresa contratada pelo condomínio. Enquanto isso, parte da quadrilha entrava nas casas para roubar. A polícia acredita que os assaltantes tinham um alvo: a casa de uma empresaria, onde não havia ninguém na hora da ação. De lá, os ladrões levaram R$ 800 mil em dinheiro e joias avaliadas em 150 mil reais. Três moradores que tiveram a casa invadida pela quadrilha não quiseram registrar o roubo. Até a noite desta terça-feira (13), sete pessoas tinham sido ouvidas na delegacia, entre elas, os vigilantes da empresa de segurança do condomínio. A policia, no entanto, ainda não tem nenhuma pista dos assaltantes.

fonte.

_________________________________________________________

Acho que isso é mais um problema filosófico.

É a questão do feudo.

Quando você tem medo do que acontece lá fora e constrói um muro, os gritos exteriores não te incomodam, mas em compensação ninguém de lá ouve quando é sua vez de gritar.

4 comentários:

Anônimo disse...

parabéns, excelente critica!

ps. tb estudei em minas, na ufjf,
hj estou trab. em sp...

mto legal o blog de vcs.. tb tenho
um meio blog: alexcouri.blogspot

continuem neste caminho, vou passar sempre por aqui para saber news da terrinha e trocar idéias..

valeu, alex

Alvaro Giannini disse...

É isso aí, meninos!
Esse é um bom assunto para iniciarmos o semestre!
Vamos discutir bastante sobre o espaço da habitação no sentido mais amplo, ou melhor, em todos os sentidos.
Bom final de férias!!!

Ricardo Rossin disse...

Interessante a crítica. Gostei. Triste aquele que pensa em erguer mais os muros.

Henrique Gonçalves disse...

"construimos muros demais e pontes de menos"
(Isaac Newton)

Ricardo, Newton há 300 anos pensava da mesma forma. As vezes tenho fortes desconfianças de que não existe evolução, =/


Obrigado pela força, Alex, seu blog já está veiculado a lista dos nossos blogs parceiros! Volte sempre para trocarmos idéias!
=D

É, professor Alvaro, já estamos esquentando os motores! hahaha