Todo ponto de vista é apenas a vista de um determinado ponto.

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

A Arquitetura contemporânea Brasileira - ou o que ela poderia ter sido


"(...) Mas, para o tamanho do país, a arquitetura brasileira contemporânea é muito ruim. Há coisas vergonhosas e surpreende que seja assim, com o Brasil tendo a escola que teve, tendo a geração anterior produzido arquitetura de tamanha qualidade - não só monumentos, mas também no tecido médio da cidade. Com esse clima, o Brasil poderia ter arquitetura com espaços intermediários belíssimos. contudo, parece que o país não saiu dos anos 1980. O Brasil teve um ótimo ponto de partida e acabou por perder a vez (...)"

- Alejandro Aravena
_________________________

(destacando arquitetos brasileiros da atualidade): "Destacaria Oscar Niemeyer, Paulo Mendes da Rocha e Joaquim Guedes. Ainda não apareceram sucessores à altura."

- Carlos Eduardo Dias Comas

_________________________________________________________________



Uma só semana e dois tapas na cara.
Essas duas falas nos deixaram tão incabulados que resolvemos lançar uma enquete sob a luz desse tema aqui no blog.

Portanto vamos lá:


Qual foi, na sua opnião, o principal motivo para o vanguardismo da arquitetura brasileira ter se perdido nas últimas décadas?

a- Oscar Niemeyer e o vulto de sua genialidade que, aliada a sua quantitativa produção, ofuscou quaisquer outras escolas/segmentos nacionais ou até mesmo outros talentos isolados, da mídia maior.

b- A Ditadura Militar, com sua política de perseguição a qualquer indivíduo veiculado ao partido comunista, interrompeu a carreira arquitetônica e acadêmica de diversos arquitetos, algumas de forma irreversível. Além, é claro, de ter interrompido toda uma produção cultural que nascia no Brasil daqueles tempos.

c- A instabilidade econômica do Brasil que, por ser um país emergente, nos últimos 30 anos não teve bons momentos como os anos dourados (anos 50), inibindo talvez uma produção maior e mais significativa de bons arquitetos que atuaram durante o período.

d- O Pós-Modernismo, que de certa forma interrompeu parte do processo investigativo que vinha evoluindo desde o nosso movimento moderno.

e- As dimensões continentais do Brasil, que diluiram nossa produção, inibiram o diálogo entre profissionais de regiões distintas além, claro, atrapalharam as relações internacionais com outros países da América Latina, por exemplo.

f- A falta de cultura arquitetônica e geral do brasileiro médio.

___________________________________________________________

Para quem quiser responder a enquete, ela se encontra na lateral direita da tela. Obviamente temos consciencia de que não foi apenas um desses fatores que deixou a Arquitetura Nacional na atual situação, mas um conjunto deles, inclusive a maioria provavelmente nem se encontra na lista.

Porém citamos os mais pertinentes, e queremos saber qual é, na opnião de vocês o mais MAIS de todos.

Contamos com a participação de todos!

A enquete expira em 1 mês.

Um comentário:

Ricardo Rossin disse...

Para mim letra F...apesar de saber que não foi só isso, mas qe contribui muito.