Todo ponto de vista é apenas a vista de um determinado ponto.

segunda-feira, 4 de agosto de 2008

World Expo Shangai - 2010 (Cobertura) II



Com a bola da vez: Pavilhão da Nova Zelândia. Essas ilhas da Oceania são mesmo rápidas, mas tem o mesmo problema: divulgam pouquíssimas fotos!

De acordo com a comissão neozeolandeza, o pavilhão trás como tema a harmonia entre o mundo natural e o urbano, com um enfoque na cultura do país pré-colonial, os Maori. Para quem não sabe quem são os maori, são um grupo étnico da Oceania e, dado interessante, A Nova Zelândia é um dos únicos países do planeta em que colonizadores e colonizados entraram em harmonia.
A população Maori é completamente integrada à sociedade neozeolandeza, representando mais de 30% da população total, e práticas como o ensino da cultura, história e a língua nativa da tribo são obrigatórias nas escolas.
Pois é, aqui no Brasil Aimoré é nome de biscoito, e Tupi e o nome do time chulé daqui de Juiz de Fora, =/ (do qual eu sou torcedor! TUPIII!!!!!). É foda, lá Maori é sinônimo de passado, orgulho e respeito.



Continuando sobre o que estavamos falando, com o tema "Cidades da natureza, vivendo entre a terra e o céu", o pavilhão consegue casar seus assuntos através da religião Maori que, avançadíssima na minha opinião, prega um Universo onde pessoas, animais, terra, árvores, e tudo mais constituido de matéria façam parte de um mesmo espirito, sendo esse considerado Deus.

Pouco posso saber sobre as idéias elevadas de arquitetura desses caras, até porque, a despeito dos seus coleguinhas australianos, eles não divulgaram quase foto nenhuma. Mas se for pelo tema, nesse pavilhão eu entraria de primeira, porque realmente é interessante!

Mas tomara que eles apontem alguma solução real para nossos problemas urbanos, e não fiquem só nesse discurso "neo-zen budista New Age astrológico", de qqer forma, eu pagaria os 25 U$ pra ver!

ps.: Assim como no pavilhão australiano, não divulguei autores ou escritórios responsáveis pois não disponho da informação.

Um comentário:

Tâmisa disse...

olá!

Estou fazendo um trabalho sobre os Maori na universidade e gostaria de saber se vocês poderiam me falar mais sobre o que foi escrito acima ou se podem me indicar bibliografias pois estou com bastante dificuldades para encontrar material em português e em livros. Desde já agradeço a atenção. Tâmisa Trommer