Todo ponto de vista é apenas a vista de um determinado ponto.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

A gente reclama, reclama...

Que a imprensa não dá atenção nenhuma para a nossa área, que o Fantástico não dedica nenhum quadro para nossa produção, mas quando um certo Jô Soares chama o arquiteto Roberto Bratke para falar do pai, Oswaldo, ninguém vê, comenta ou fica sabendo!

Não que seja nossa culpa, temos quase que garimpar essas raridades. Graças a Deus, dessa vez, o garimpo valeu MUITO a pena:





Fantástica e rara entrevista que nenhum de nós poderia se dar ao luxo de perder!


ps.: se alguem achar os outros blocos, dê um toque!

4 comentários:

Marco Antonio Borges Netto - Marcão disse...

Segurae: http://www.youtube.com/watch?v=YBIHOP3OHqI
e
http://www.youtube.com/watch?v=Fouic2oUuZQ

Abraços,

Marcão.

luciano l. basso disse...

eu assisti a entrevista inteira no dia em que ela passou e foi uma tristeza... o jo soares não tem o minimo de conhecimento para entrevistar um arquiteto e acaba fazendo as perguntas mais imbecis do mundo...

ele já tinha feito isso nem uma entrevista com a dupla isay + kogan... na boa, entrevistas ruins como essa são quase um desserviço.

(mas dá um desconto no que eu acho, pq sou xiita e psicótico)

Lucas disse...

Excelente reportagem, queria poder ver na íntegra, mas não encontrei mais nada.

Breno disse...

essa dae eu vi no dia!
hehehe
nos outros blocos nem teve nada de mais não, como sempre era alguem que cantava e alguem pra ser chacoteado ;)
de qualquer forma, bela garimpada!
abraços