Todo ponto de vista é apenas a vista de um determinado ponto.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Estádio Radialista Mário Heleno - Ponto de Debate

Esqueçam a Arquitetura, pois o que está em debate aqui hoje é apenas lógica.

Eis o programa, você tem aqui uma arquibancada e um gramado.

As pessoas pagam para ficar na arquibancada assistindo o que está acontecendo no gramado.

Só que chega uma hora que há a necessidade de dar um conforto maior para esse público, um elemento que as protejam da chuva e do sol. Disso nasce a idéia de uma cobertura.

Como seria essa cobertura?


Se as pessoas só vão ali para ver o que está acontecendo no gramado o pré-requisito é, além de logicamente protegê-las do sol e da chuva: em nenhum momento inferir como um obstáculo ao que está acontecendo no gramado.

Isso porque elas pagam para ver o que está acontecendo no gramado, se tive algo na frente delas, elas não vão querer pagar.


Uma solução assim como essa abaixo está ok, não é?







Ou assim poderia ser também?







Agora.... e se for assim?

Pilares como obstáculos visuais a sua frente, além da angulação da telha não deixar nem você tirar sarro da torcida rival quando seu time fizer gol. fora que seu campo de visão se resume a parte do campo. Todos concordam que essa não é a melhor solução?





Pois é, estranho mas é o que está sendo feito nesse momento aqui em Juiz de Fora, no Estádio Municipal Radialista Mario Heleno. Somando-se ao fato da duvidosa concepção arquitetônica da cobertura, observem como anda o acabamento da obra:

foto: Tribuna de Minas
Estrutura feita com serralheiro, com esses pilares atrapalhando a visão dos espectadores e a telha obstruindo a visão do céu. Isso porque não se sabe se essa telha descerá ainda mais.





Encontro de uma torre de iluminação pré-existente com a nova super cobertura. O que fizeram? Simplesmente cortaram um quadrado no telhado. Imaginem a água que vai descer ali atrapalhando a todos durante o clássico Tupi x Baeta!!!


Isso porque Futebol é a paixão nacional, imaginem se fosse nado cicronizado ou ginástica rítmica! =/

Parece que houve debate, que engenheiros não concordaram, arquitetos não concordaram, mas infelizmente essa cobertura vai sair. Até nós que não gostamos muito de futebol, e nem torcemos para o Tupi estamos chateados! O que fazer em um momento desses? Nos resta fazer nossa parte como blog informativo de Juiz de fora: suscitar o debate.

De acordo com o Jornal Tribuna de Minas, essa obra está orcada em 148 mil reais e tem a previsão de entrega para trinta dias. Precisamos de mais alguma resposta?


ps.: Quem obtiver mais informações, opiniões, críticas ou qualquer coisa, mande-nos comentários pelo blog que eles serão publicados.

6 comentários:

Ricardo Rossin disse...

Sensacional...arquitetura portuguesa da melhor qualidade...

Carlos Ferreira disse...

Passei vinte anos trabalhando no rádio e cobrando uma cobertura para o Estádio. Quando tomo conhecimento desses fatos lamentáveis, sou tomado por um surto de tristeza pela falta de respeito para com o torcedor, com o estádio e com a coisa pública. Suspreso não fico. Não se poderia esperar outra coisa para esses "engenheiros de obras prontas" que têm solução para tudo e quando vão fazer, fazem isso que estamos tendo conhecimento.
Lamentável!
Pobre Juiz de Fora!!!

Carlos Ferreira
Juiz de Fora-MG
www.carlosfeferreirajf.blogspot.com

Danielle disse...

q absurdo! ate eu q n sou engenheira sei q isso ta uma maluquice!!!Gostaria de destacar 2 pontos:
1) com o sol essas telhas esquentam mt, formam quase uma estufa. Imagina se em dia de sol alguem vai aguentar ficar ali em baixo (ate poderia aguentar melhorse elas estivessem mais altas em relação ao chão).
2)ja que queriam fazer dessa forma pq as "pilastras" localizadas nas arquibancadas inferiores n sao maiores, fazendo com q a cobertura ficasse nivelada e nao inclinada conforme as arquibancadas vao descendo?

Anônimo disse...

É preciso que se lance uma campanha para reestabelecer as características originais do estádio. Creio mesmo que a Câmara Municipal deveria investigar sob que condições essa "obra" de cobertura foi realizada, como se deu a licitação, critérios técnicos etc.

luciano l. basso disse...

com o perdão da palavra... que merda, hein? e a parte mais triste... merda como essa se vê por todo o brasil... a quantidade de projetos ruins realizados pelo corpo técnico das prefeituras brasileiras é impressionante... aqui pelo sul temos um monte de exemplos assim, com o agravante que aqui o pessoal gosta de fazer porcaria que custa caro.

Carolina disse...

Eu leio esse blog sempre que posso, mas nunca comentei em nenhum post... mas hoje me sinto no dever de comentar algo!!!

Sobre esta coberta... MENTIRA, NE??? Tá de brinks! só pode! Eles estão colocando essa coberta pra fazer uma pegadinha! Depois que ficar pronta e todo mundo se indignar, eles tirarão e colocarão a coberta verdadeira, que será esteticamente válida, esperiencialmente relevante e que atenda ao espírito da época!

Ou isso ou quem "projetou" essa maravilha dos deuses odeia arquitetura e futebol. =(