Todo ponto de vista é apenas a vista de um determinado ponto.

terça-feira, 19 de maio de 2009

Diálogos Urbanos registra pequenas ilhas da arquitetura juizforana


Acroterium, ornamento utilizado sobre a platibanda das edificações ecléticas, são resíduos do tempo e passam ao largo do olhar comum, afetado pelo excesso de luzes, textos e imagens de toda sorte de efeitos que contaminam a cidade atual. Este é o argumento utilizado pelo artista plástico Ricardo Cristofaro em seu livro Acroterium – legendas para uma cidade em desaparição. No dia 21 de maio, o autor é o convidado do projeto Diálogos Urbanos, promovido pelo Instituto dos Arquitetos (IAB/JF) e a Divisão de Patrimônio Cultural da Funalfa. A palestra é gratuita e acontece a partir das 19h, no Anfiteatro João Carriço, na Av Rio Branco, 2.234 – 3º andar.

Em seu livro, Cristofaro fotografa e manipula elementos arquitetônicos de maneira poética, através de um processo de deslocamento de estratégias artísticas relacionadas ao conceito de apropriação. Ao percorrer as ruas de Juiz de Fora e mergulhar no tempo em busca de sobreviventes de uma cidade em desaparição, o artista recupera a sensação de espaço íntimo que o conduz a uma experiência de vida.

Acroterium também surge do desejo de resgatar uma identidade afetiva e histórica, na qual se inscrevem memórias e utopias para o imaginário urbano de Juiz de Fora.

Ricardo Cristofaro é doutor em Artes Visuais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, com estágio de doutorado na Université Paris 8, França. Professor do IAD - Instituto de Artes e Design da Universidade Federal de Juiz de Fora, trabalhando com disciplinas e orientação de proposições artistas relacionadas à expressão tridimensional. Realiza pesquisas na área de poiéticas visuais contemporâneas, com ênfase na investigação de processos híbridos e artemídia. Trabalha como profissional das artes visuais desde 1986, expondo seu trabalho em mostras coletivas e individuais no Brasil e exterior.

Diálogos Urbanos é uma parceria do IAB/JF com o a Divisão de Patrimônio Cultural da Funalfa (DIPAC) e tem como objetivo promover debates com estudiosos sobre a cidade de hoje e a cidade do amanhã, refletindo, a partir do patrimônio cultural, para onde caminha a sociedade juizforana. Diálogos Urbanos tem edições mensais.

COMPAREÇA! DIVULGUE!
CONSELHO DIRETOR DO IAB/JF

Um comentário:

Cynthia Yong disse...

nice post! i'm glad that blogs is a great tool for disseminating information about architecture and surely your blog is a good one!